O Golden State Warriors vai com tudo para o tricampeonato da NBA

Nada acontece do dia para a noite nos esportes americanos. Mesmo na era da busca por resultados instantâneos, os campeões continuam surgindo por trás de muito trabalho, planejamento e liderança. E o Golden State Warriors, atual equipe bicampeã da NBA é a prova disso.

Com 6 títulos conquistados, os Warriors são a terceira franquia com o maior número de aparições nas finais (10 vezes). Ficam atrás do Boston Celtics (21) e do Los Angeles Lakers (31). Se considerar o ranking dos maiores campeões, os Warriors ficam em terceiro lugar empatado com os Bulls (6 títulos também). Os dois primeiros são os Celtics (17 títulos), Lakers (16 títulos). Agora, com os Playoffs da NBA chegando, os Warrios seguem rumo ao tão sonhado tricampeonato em três temporadas seguidas.

Seguindo as equipes tricampeãs

Golden State Warriors rumo ao tricampeonato como os Bulls dos anos 90

O time da Bay Area continua sendo um dos mais cotados para estar nas finais novamente e se consolidar mais ainda na história do esporte se for campeã. E sabe por que poderá ser um fato tão marcante? Porque apenas os Lakers de Kobe e Shaq (2000-2001-2002), os Bulls de Michael Jordan (1991-1992-1993 e 1996-1997-98) e os Celtics dos anos 60 conseguiram tal êxito. Essas grandes equipes tricampeãs do passado são a prova de uma pequena parcela de como manter a continuidade de um projeto de equipe multicampeã. O Golden State Warriors segue à risca a cartilha dessas equipes e pode se tornar na grande dinastia do início do século XXI.

Os Warriors foram campeões 3 vezes no século XX. Inclusive foi o primeiro campeão da NBA, em 1947, quando era BAA. Mas os títulos conquistados nos últimos anos são a soma de uma nova cultura implementada pela diretoria. Mesmo com a trágica derrota nas finais de 2016 depois de se tornar o time com o maior número de vitórias em uma temporada (73-9), eles não se abateram para recuperar o trono nas duas temporadas seguintes. Agora, com os Playoffs prestes a começar, eles estão determinados para agarrar o tri.

Embora algumas derrotas desnecessárias, alguns desentendimentos no elenco, eles alcançaram o topo da Conferência Oeste (57-25) e garantiram o mando de quadra até as Finais de Conferência. O time só não teria mando de quadra nas Finais se enfrentarem os Bucks (60-22) ou os Raptors (58-24). Os pilares da franquia estão mais que preparados para enfrentar os obstáculos que virão. E os personagens que mais se destacam nessa temporada rumo ao tri podem ser conferidos aqui.

Steve Kerr, o pupilo dos técnicos multicampeões

Ele é técnico do Golden State Warriors desde 2014 quando assumiu o lugar que era de Mark Jackson. Com um elenco que já estava sendo desenvolvido pelo técnico anterior, implementou um novo esquema tático. O time continuou dinâmico e ágil, porém começou a valorizar o passe, o espaçamento da quadra e intensificar os arremessos de 3 pontos. Vale frisar que Steve Kerr foi 5 vezes campeão da NBA pelos Bulls (3 vezes) e Spurs (2 vezes). Fato esse que é essencial pelos anos de prática sob o comando dos técnicos multicampeões, Phil Jackson e Greg Popovich. Claro que, como a NBA é uma liga que valoriza muito os jogadores, os talentos do time botam em prática as estratégias do seu comandante. E nessa temporada, Kerr conseguiu mais uma vez administrar os egos dos atletas com um dos elencos mais repleto de estrelas e falados de toda a liga.

Stephen Curry, o MVP unânime

Golden State Warriors rumo ao tricampeonato com Steph Curry

Ele é o décimo jogador de basquete mais influente de todos os tempos que mudou a forma de jogar o basquete. Isso de acordo com o ranking da ESPN. Durant, seu parceiro de equipe, diz que ele é “o maior arremessador que já passou em uma quadra de basquete”. Curry é um dos últimos jogadores que mudou a forma de jogar com seus dribles, mecânica e posicionamento de arremessos de longa distância. Ele é a peça central da equipe e ganhou o prêmio de MVP da temporada dois anos seguidos. Em 2016 foi de forma unânime, a primeira da história. O início da temporada mostrou como ele ainda tem muita bola de sobra para mostrar e como a equipe depende da presença dele em quadra.

Draymond Green, raça e eficiência

Golden State Warriors rumo ao tricampeonato com Draymond Green

Quem disse que ser o último escolhido no draft da NBA é sinal de fracasso? Para Green isso não quis dizer absolutamente nada e para os olheiros dos Warriors também não. Seu título de jogador defensivo do ano e a liderança em roubos de bola de 2017 provam o seu talento. Draymond é um ala de força moderno que domina os principais fundamentos na astúcia e na raça. Sem contar que ele é o líder espiritual da equipe utilizando seu modo intenso de viver o jogo.

Klay Thompson, o Splash Brother diferenciado

Golden State Warriors rumo ao tricampeonato com Klay Thompson

Thompson estreou na NBA sendo conhecido como o filho de Mychal Thompson, ex-jogador do Lakers e bicampeão nos anos 80. Mas logo foi mostrando o seu jogo com identidade própria devido aos arremessos certeiros de 3 pontos. Sua dinâmica de jogo com Curry foi tão empolgante para os torcedores que até hoje são chamados de Splash Brothers.

Kevin Durant, the Real MVP

Golden State Warriors rumo ao tricampeonato com Kevin Durant

Kevin Durant foi o último a se juntar à trupe, mas foi muito bem recebido pelos seus companheiros. Afinal, quem não aceitaria o MVP de 2013? E ainda mais sendo o atleta considerado por muitos como o segundo melhor jogador da liga depois do LeBron.

A ida para os Warriors foi um pouco conturbada devido aos anos que jogou no Oklahoma City Thunder. No entanto, Durant queria a glória de ser campeão e acreditou mos Warriors e seu sistema de jogo inovador. A aposta foi certeira, pois logo que chegou foi campeão e MVP das Finais e no ano seguinte conquistou as mesmas façanhas. A maturidade de seu jogo está completa, o que o torna um jogador completo, sólido e consistente. Perfeito para botar a bola debaixo do braço nas horas mais cruciais dos Playoffs.

Boogie, o Quinto Elemento

Golden State Warriors rumo ao tricampeonato com Boogie Cousins

Se a equipe já tinha o nome de “Death Lineup” quando botava Curry, Durant, Green, Thompson e Iguodala em quadra, agora com DeMarcus Cousins não tem nem adjetivo que defina exatamente. O super pivô começou a jogar na metade da temporada devido a sua recuperação da lesão do rompimento do tendão de Aquiles. Mas se todos duvidavam da sua qualidade quando retornasse de lesão, já não têm mais dúvidas quanto a sua performance. Boogie, como é chamado, foi mostrando que é capaz seguir dominando o jogo sendo um pivô versátil com diversos fundamentos. Inclusive sendo perigoso nas bolas de 3, a grande arma e poderoso artefato da NBA moderna.

Adeus, Oracle Arena

Golden State Warriors rumo ao tricampeonato na Oracle Arena

O Golden State Warriors estará de mudança na temporada 2019-2020. Portanto, essa é a última temporada da franquia na Oracle Arena em Oakland. Isso é um grande motivo para finalizarem a jornada na arena sendo campeões mais uma vez. O ciclo em Oakland vai se fechar e eles estarão logo ali do lado, ainda na Bay Area.

Enfim, São Francisco

Eles são uma equipe que está marcando o seu lugar na história do esporte. No entanto, começar a próxima temporada sendo tricampeã da NBA na casa nova, será motivo de muita euforia. A partir de Outubro de 2019 o Golden State Warriors voltará a São Francisco em uma arena totalmente nova, o Chase Center. E eles terão um novo desafio: ser a primeira equipe da NBA a ultrapassar o tricampeonato depois dos Celtics dos anos 60 (8 títulos entre 1959 e 1960).

Golden State Warriors com o Turista FC

Todos esses grandes pilares dos Warriors você encontra na Bay Area. Como postado anteriormente nesse link, a Bay Area é o território das cidades à margem da Baía de São Francisco. Os jogos do Golden State Warriors são na Oracle Arena, em Oakland. Só que na próxima temporada a franquia se mudará para São Francisco, a poucos minutos de Oakland.

O cliente Turista FC tem a oportunidade de conhecer a Bay Area e curtir os jogos dos Warriors nesses Playoffs ou na próxima temporada em São Francisco. E ainda por cima pode aproveitar Los Angeles que fica a um pouco mais de 5 horas dali. Nosso Pacote Eternos Campeões oferece 5 dias em Los Angeles e 5 dias em São Francisco e você pode nos consultar sobre os jogos dos Lakers e Clippers em Los Angeles e dos Warriors em Oakland/São Francisco. Assistir jogos da NBA nos ginásios é com a gente mesmo. Seja um cliente Turista FC.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?